Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

20
Jan 11

"A tua vida é uma história triste.

A minha é igual à tua.

Presas as mãos e preso o coração,

enchemos de sombra a mesma rua.

 

A nossa casa é onde a neve aquece.

A nossa festa, onde o luar acaba.

Cada verso em nós próprios apodrece,

cada jardim nos fecha a sua entrada."

 

(tenho em mim estes versos há mais de 10 anos... é incrível como é que a memória nos rouba tanta informação e nos deixa ficar com estes pequenos nadas que podem fazer tanta diferença. Sim, sou especial por saber de cor pequenices do Eugénio de Andrade)

 

Era tanta a vontade e tanta a negação e a relutância de voltar.

Aquela sede sempre dormente, aquele vazio de não escrever, como se não pudesse mais sentir as palavras em mim, como um peso atado ao corpo.

Uma sede desértica, uma vontade e ânsia, ora viva, ora a desfalecer.

Voltei a casa. Depois do tempo perdido. Voltei


              

magnetizado por Bibs às 19:30
tags:

04
Ago 10

"De volta à garagem,

De volta à essência

Retira-lhe inocência

Junta-lhe experiência"

 

A minha silly season já acabou (no dia 2 de Agosto ou até antes, tendo em consideração o regresso forçosamente antecipado às lides profissionais)

 

Agora é derreter no gabinete e ter miragens de praia aos fins-de-semana!..

 

 

magnetizado por Bibs às 12:23
sinto-me: Ready to start - arcade fire
tags:

19
Mai 10

Isto tem andado mais calmo, mas ainda assim:

 

 - Bustos

 - Amares

 - Lisboa

 - Albergaria

 - Bruxelas

 

Desde a cidade cosmopolita ao querido Portugal profundo... profissão, a quanto obrigas!

magnetizado por Bibs às 14:24
Banda Sonora: Highway to hell
tags:

29
Abr 10

Os dias têm sido intermináveis... Não me lembrava de uma Primavera tão acordada na minha vida.

Sabe bem ficar a trabalhar até tarde, quando os dias se prolongam em claridades e ainda chego a casa a tempo de sentir o último abraço do sol.

Às vezes gostava de saber como é ser totalmente fútil e deixar-me cair numa total passividade. Mas há sempre alguém atrás de mim, a pedir-me para não parar.

Ando cheia de projectos que parecem crescer de forma incessante. Hoje termino um, amanhã já o desafio é outro.

 

Nos entretantos...

 

Atomium, grand place, menino da coisita a fazer xixi (Manneken-pis) - we're COMING!

 

 

magnetizado por Bibs às 18:21
sinto-me:

15
Mar 10

SAUDADE

 

É um sentimento português, mas todos, em qualquer parte do mundo, sabem o que é.

Eu sou manifesta saudosista. Costumo dizer aqueles que guardo muito bem em mim, que tenho saudades deles mesmo quando estou em plenos momentos de ternura. Daqueles de quem se gosta, tem-se sempre saudade, porque se antecipa sempre o momento em que somos forçados a partir, a ter de ir aqui ou acoli.

 

A vocês, "meu" grupo, deixo-vos a mesma palavra.

Um dia encontramo-nos por aí, pelo caminho.

 

 

 

 

 


04
Mar 10

Boa tarde a todos os leitores,

 

Escrevo-vos de um sítio remoto (com wireless), ao som do Estado Novo + Via Rápida + Vogue + Chic + (as discotecas novas que eu já não conheço). São agora 14 horas e estou metida num pavilhão igual a tantos outros, ao som bombástico das músicas que passam na Bershka... escusado será dizer que estou no meu auge...

Faço então esta pausa para vos comunicar que o meu aparente perfil anti-social se deve:

1) a um trabalho de MFA que nunca mais acaba, que já me tirou umas valentes horas de sono e que me ofereceu a possibilidade de adquirir mais uns cabelos brancos.

2) ao planeamento e execução de visitas de estudo (desde a componente científica da coisa até à parte logísitica das merendas da manhã saudáveis e dos caixotes no carro).

3) à assídua presença nestas feiras do so what tretas

4) ao facto de fazer mil e uma coisas diferentes no mesmo dia, desde aturar as minhas adoráveis crianças até às feiras, visitas, organizações de mestrados, consultas, formação e tudo o mais que possam imaginar

5) ao facto de acrescer à minha profissão uma outra, de grande responsabilidade, que é a de dona de casa.

 

Por tudo isto e muito mais, hoje sinto-me super mulher. E neste momento só conto os minutinhos para me ir embora, enquanto tento convencer os miúdos cá do Burgo que devem escolher aquilo que eu "vendo".

 

 

magnetizado por Bibs às 14:13
Banda Sonora: You're just too good to be truth
tags:

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28


subscrever feeds
Visitantes úteis
Hit Counter
Free Web Counter
Dia fútil do mês
Related Posts with Thumbnails
me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO