Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

10
Ago 10

Ando uma verdadeira "retarded".

Foi no domingo passado que me dediquei ociosamente a ver sexo e cidade 2, na tranquilidade da casinha, sem mais ninguém a fazer frete para ver 2h20 de desfile de roupa.

Não se pode, nem de longe nem de perto, dizer que o filme é "bom" ou sequer "razoável". É mais um conjunto de tretas sem grande nexo, com algum sexo à mistura, ou não fosse a loira corrosiva uma das quatro personagens principais.

E é precisamente sobre a loira que quero falar  - Samantha, essa mulher outrora poderosa,está um caquito... quando o plano do filme é um perfil da cara dela, percebe-se que várias partes do rosto estão literalmente descaídas - e não julguem que é só o duplo queixo a ameaçar... ele é pálpebras tortas, lábios descaídos e nem o nariz disfarça... tanta plástica só lhe piorou o trombone, outrora bem retocadinho.

 

Fica o conselho à cara Samantha: não deixes que te voltem a fazer planos do perfil do rosto, senão é o caos total.

(pobre moça)

 

Posto isto, resta-me confessar que ri à alta gargalhada quando ela deixou cair a carteira em plena rua de Abu Dhabi e dela saíram umas belas dezenas de preservativos, para grande indignação dos locais, que de imediato começaram a acusá-la de ultraje aos bons costumes. Claro que a Dama não se podia render... e nisto coloca-se em posições quase pélvicas e afirma de forma entusiástica: " Condoms, yes! Condoms, yes! I had sex!"

 

Fútil e inútil, valeu a pena pela roupinha e acessórios de fazer inveja ao comum dos mortais.

 

 

magnetizado por Bibs às 11:52
tags:

03
Abr 10

magnetizado por Bibs às 20:20
tags:

15
Mar 10

Há pessoas que ambicionam ser brilhantes mas nunca o chegam a ser;

Há aquelas que têm 5 minutos de raro brilho mas depois não conseguem manter o seu lugar no podium.

E felizmente, há aquelas que nasceram para ser completamente genais.

E são essas que nos proporcionam prazeres sem igual... Deleites aos sentidos, descobertas de rara beleza e prazer, num estímulo à captação de tudo o que nos rodeia, na permanente descoberta do novo onde só víamos o conhecido e velho igual.

 

Depois da minha fantástica experiência a 3D no mundo do Tim Burton, não posso deixar de vos aconselhar vivamente que embarquem neste universo...

Entrar em Alice in Worderland é, sem dúvida, entar num país de pequenas maravilhas, de dicotomias do horrendo e do espectacularmente belo...

Entreguem-se, recostem-se na cadeira, oiçam cada som, vejam cada cor. E no fim, saiam a Venerar este Sr. (no meio de tanta coisa boa, até a música da Avril Lavigne é aceitável... Bravo Mr. Burton!

 

P.S: O Depp fica bem de todas as formas e feitios... ele há coisas!!!

 

 

magnetizado por Bibs às 17:55
Banda Sonora: Álbum - Almost Alice
tags:

02
Fev 10

Tentou criar-se uma Falsa normalidade, recreando as sessões de cinema em casa

 

E deu nisto:

 

E  depois de tanta famigerada crítica a dizer o que de melhor há sobre o filme, eu pergunto:

Porque é que eu não gostei/amei/idolatrei???

P.S.: O Romain Duris não é nenhum sex symbol, vá!!!.. Poupem-me!

magnetizado por Bibs às 14:18

24
Fev 09

Dignamente oscarizado? Só poderei dizer quando o vir...

 

 

magnetizado por Bibs às 08:56

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28


Visitantes úteis
Hit Counter
Free Web Counter
Dia fútil do mês
Related Posts with Thumbnails
me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO