Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

01
Mar 09

Opinião honesta e sincera de Slumdog Millionaire:

Fui conquistada, nos primeiros minutos de filme, pela dupla Jamal e Latika.

O retrato das "favelas" imundas a lembrar Meireles em Cidade de Deus, as "latrinas" fétidas, as correrias, o caos... especulo que retratam fielmente aquela Índia que tem tanto de misticismo como de pobreza extrema. No caos, o amor. No caos, a alegria com tão pouco...

Foi um daqueles sítos que quis ver e sentir. A Índia faz parte do meu imaginário e da minha colecção de viagens de sonho.

E a abordagem de um lugar assim, partindo de um jogo televisivo, parece-me absolutamente genial. Pegando no mais fácil, abordam o mais difícil.

Danny Boyle nunca me defraudou: Trainspotting, a Life less ordinary, the Beach... ele encontra sempre uma espécie de paz no pior dos horrores.

E este filme é mesmo isso: amarguradamente triste e surpreendentemente feliz.

 

P.S.: Também posso equacionar a hipótese de adoptar a Latika, mas primeiro quero o Jamal!!!!

 

magnetizado por Bibs às 20:34
tags:

"Sometimes we're on a collision course, and we just don't know it. Whether it's by accident or by design, there's not a thing we can do about it."

in The Curious Case of Benjamin Button, 2008

 

 

"Moving at the speed of life we are bound to collide with each other"

in Crash, 2006

 

 

PERFECT... ONCE AGAIN

 

 

magnetizado por Bibs às 20:22
tags:

Não foi, mas a meu ver deveria ter sido, ultra oscarizado.

Tão surreal quanto bom, nos cenários que me fizeram mergulhar num imaginário de contos de Grimm ou mesmo na visão de Tim Burton (na Noiva Cadáver e em Charlie e a fábrica de chocolate).

Foi PERFEITO, de princípio ao fim, sorvido em tragos calmos, como se de um deleite de café se tratasse. É um exercício de abstracção vê-lo, em tantos trechos que encaixam na mais comum das vidas. Ele pode ser diferente, mas é tão igual a nós, a querer viver o mais que pode, dentro de todas as limitações que tem e que o rodeiam. As vidas são mesmo sucessões de coincidências, que surgem, aleatoriamente (ou não) em momentos distintos. E só nisso nos distinguimos.

 

Recomendo vivamente.

 

 

magnetizado por Bibs às 20:11
tags:

24
Fev 09

Achamos que pouca gente iria ao cinema na noite de Carnaval... erro 

Achamos que conseguiríamos ver o filme que queríamos... outro erro

E nisto já dou por mim a entrar na dita sala 3, uma sala enormérrima, a dar traillers de filmes de animação (muito apropriados para o filme que ia passar na tela de seguida, em que uma criança desaparece).

Pornto, findas as apresentações, começa o filme: "Hotel para cães". De longe, o melhor filme em exibição... E nem um mísero pedidozinho de desculpas por nos porem à espera ene tempo... 

[A+Troca.jpg]

 

Uma noite de trocas (brincadeirinhas de Carnaváu)

O filme é bom, não pela Angelina, mas pelo puto que faz uma confissão  - é para ele que vão os meus aplausos.

 

 

magnetizado por Bibs às 08:35
tags:

12
Fev 09

Não ele... (a barriguita acusa idade... e o queixo também precisa de reforma compulsiva) Mesmo assim, o Sr. David emana um charme natural (fruto dos x-files quando eu estava em plena puberdade... coisas da vida)

 

Mas a season 2 é que tá a ser brutal!!!

Well done.

magnetizado por Bibs às 09:43
sinto-me:

11
Fev 09

 

Meryl Streep, pese embora faça alguns filmes de porcaria  (o Diabo veste Prada e o fantabulático Mamma Mia), veste um papel com uma delicadeza tão estonteante, que quando damos por nós, acreditamos piamente que, neste caso em concreto, ela nasceu para ser uma freira autoritária e deprimida.

Este é o primeiro aspecto positivo do Doubt/Dúvida.

Nº 2 - Philip Seymour Hoffman é um senhor que eu não gostaria de encontrar de noite, sob o risco de ficar a modos que amedrontada pela sua carantonha horripilantis. Mas faço justiça ao conjunto de personagens que já encarnou. E aqui não foi excepção.

Não fosse o meu sono arrebatador durante a midnight session, teria gostado ainda mais do filme (diga-se que gostei imenso). Uma história fácil para nos por a pensar de forma complexa. Uma dúvida levantou em mim muitas outras.

Recomendo vivamente.

magnetizado por Bibs às 09:24
tags:

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28


me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO