Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

01
Set 07
O que é que acontece quando tudo se torna demasiadamente previsível? Saturamos...
Paradoxalmente, tentamos fazer com que tudo seja o mais previsível possível.
Vejamos: fidelizamo-nos a marcas, repetimos até à exaustão as mesmas refeições (o mesmo será dizer que somos noefóbicos), frequentamos, invariavelmente, um espectro limitado de cafés, cinemas, restaurantes, lojas em geral. Lemos as mesmas revistas e jornais, acabamos sempre por ouvir as velhas músicas. Chegamos ao cúmulo de personalizar toques de telemóvel para já sabermos quem nos está a ligar... E no meio disto tudo, desta enormíssima algazarra de repetições, acabamos por sentir a necessidade de procurar alguma coisa que nos possa surpreender. Muitas vezes, só o fazemos porque nos recusamos a aceitar que foi o facto de termos decidido enveredar pelo previsível que nos conduziu à dita saturação.
(A frase de cima não me soa bem)No meio destas novas vivências aprendi uma nova definição de felicidade, muito pouco convencional... 1 vitelo, 1 pássaro e maços... (continuo a questionar-me!!!)
Ontem tive a folhear a treta do best-seller "Segredo". Um dos conselhos dado ao leitor é o de que escreva o seu desejo numa folha de papel, sem repetir exaustivamente de si para si aquilo que pretende. Como se fosse possível ter um desejo e não estar permanentemente a magicar nas formas de o atingir...
Eu escrevi em mim os meus desejos, sonhos, ambições (ou o que quer que lhes queiram chamar) há muito tempo. Ciente de que hei-de chegar a todos eles, ainda que o caminho possa ser sinuoso (também nunca gostei muito da dita previsibilidade e de facilitismos). O grande segredo, que nada tem de sigilo, é desejar com muita força. É desejar tanto que é impossível parar, buscar orientação na bússola, ou tentar saber quanto tempo falta. E como sempre, tal qual como um lema de vida... Um dia quando menos esperares, sem dares conta, sem teres pedido, de mansinho, ao de leve, sem pecado (ou com pecado original) mas por teres desejado tanto, vezes e vezes sem conta - eis que se torna real.
É impossível não acreditar.
magnetizado por Bibs às 17:53

Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
15

19

23
28



me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO