Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

14
Set 07
Ontem surgiu uma conversa sobre coisitas que me dão gozo, mas nas quais não penso muito. Hoje reproduzo aqui a minha lista oficial de pequenos prazeres. A ordem é totalmente aleatória. São só 30, porque foi o limite que me foi imposto.

- Acordar sem despertador, mesmo que acorde cedo.
- Cheiro a café torrado meia hora depois de acordar.
- Perfume.
- Caminhada na praia, descalça.
- Sms matinal de delícia.
- Sol.
- Chuva torrencial a bater na vidraça, quando estou arrochada no sofá.
- Telefone a tocar.
- Esplanada ao final do dia.
- Ler os títulos do jornal, do princípio ao fim.
- Unhas lindas.
- Massagem nas costas e no pescoço.
- Transpirar imenso depois de um grande esforço (podem chamar-me doida, mas sou mesmo assim).
- Nadar até me sentir esgotada.
- Rir, rir, e... rir
- Banho de imersão com direito a todos os extras. (este já pode ser um grande prazer...)
- Passeio pelo Porto de madrugada, em dias úteis.
- Andar de comboio.
- Bicicleta.
- Escrever.
- Cozinhar e ouvir elogios.
- Torcer pacotes de açúcar quando estou no café (sim, doida outra vez!)
- Andar de baloiço.
- Comer fruta colhida no momento.
- Velocidade.
- Fazer a ponte. (!)
-5 minutos diários de silêncio absoluto.
- Cheiro intenso a maresia à noite.
- Brincar com os meus cães.
- Ler rótulos nos super/hipermercados.

Confesso que não foi nada fácil. Falta imensa coisa nesta lista- os pequenos prazeres não têm fim. É um pequeno prazer poder constatar isso.

E agora, num jeito de desabafo...

Não gosto de fins. Nunca poderei ser uma boa escritora; sou assumidamente má para desfechos. Detesto despedidas.

Regressei quase agora de um adeus ad eternum.

"Para começar, dizer adeus não é dizer adeus. Suponho que a origem de adeus seja A Deus. (...) Mas dizer adeus é, na verdade, dizer olá. Ou até já. É dizer: vais, mas ficas dentro de mim."

Ironicamente, ontem "postei" uma frase de Woody Allen sobre a incerteza do que há depois da vida. Se todas as nossas dúvidas se dissipassem, se nos fosse dado o pesudo privilégio de nos saciarem estes temores, o que é que restava?

I don't know if my only fear of death is coming back reincarnated.
Sugestão musical: "The end has no end" - The strokes

magnetizado por Bibs às 15:14

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
15

19

23
28



subscrever feeds
me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO