Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

29
Abr 10

Estou à espera daquele que será o meu 3º leitor mp3.

O 1º era um verdadeiro espectáculo; tecnologia de topo na altura, com mega capacidade (hoje seria considerado uma verdadeira trampa).

Deu o tilt depois de ter apanhado apenas "algumas" gotinhas de mar em cima. Andou km comigo em cima da bicicleta (na altura em que eu tinha tempo de a tirar da arrecadação da garagem para fazer uma bruta rodagem pelo calçadão, houvesse chuva ou sol...). É um drama recheado de nostalgia e saudosismo, muito ao meu género de femme rendida à saudade.

O 2º era muito mais rosca, apenas com 4Gb, pretito e pequenino. Um verdadeiro companheiro no trabalho. Tinha uma playlist brutal no dia em que desapareceu das minhas gavetinhas da secretária, levado por algum(a) gatuno(a) ciumento(a)... Teve sorte, a playlist era way too better do que o mp34 de 30 euros...

Este 3º, é finalmente 1 ipod, merecidíssimo depois dos anteriores dissabores. E o melhor mesmo, é que vem à borliu para moi.

 

Merci

magnetizado por Bibs às 18:47

Como diria uma antiga cliente, "a minha metade" (expressão que sempre me fez uma confusão danada) é aquela pessoa que verdadeiramente me faz rir!!

Eis que a sua descrição do meu trabalho para os seres que puseram tal maravilhosa criatura no Mundo foi do tipo:

 

"Minha metade":

- Sim, ela vai para Bruxelas em trabalho.

 

Seres que puseram tal maravilhosa criatura no Mundo:

 - Mas porque vai? Do que se trata?

 

"Minha metade":

- Ela fez um artigo e mandou para lá. Foi aceite e agora tem de lá ir apresentar uma cartolina!

 

Seres que puseram tal maravilhosa criatura no Mundo:

 - Humm... ok!

 

Depois disto, quem precisa de mais credibilidade e prestígio?

 I'm at the top of the world!

 

magnetizado por Bibs às 18:38

Os dias têm sido intermináveis... Não me lembrava de uma Primavera tão acordada na minha vida.

Sabe bem ficar a trabalhar até tarde, quando os dias se prolongam em claridades e ainda chego a casa a tempo de sentir o último abraço do sol.

Às vezes gostava de saber como é ser totalmente fútil e deixar-me cair numa total passividade. Mas há sempre alguém atrás de mim, a pedir-me para não parar.

Ando cheia de projectos que parecem crescer de forma incessante. Hoje termino um, amanhã já o desafio é outro.

 

Nos entretantos...

 

Atomium, grand place, menino da coisita a fazer xixi (Manneken-pis) - we're COMING!

 

 

magnetizado por Bibs às 18:21
sinto-me:

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
30


subscrever feeds
me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO