Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

07
Mai 08
Só passados 4 anos, 4 famigerados anos é que entendi a moral deste episódio:
Autocarro, 8:30, eu gelada e pálida, com alguém (que tal como eu, jamais olvidará este episódio) a dormir sentad(o/a) num dos meus pés e num outro, de uma senhora extremamente amável e bem disposta.
Autocarro faz paragem e a senhora em causa diz: "Por favor, ajude-me a tirá-l(o/a) dos meus pés, porque eu tenho de ir trabalhar; as noitadas não são para todos"...
Ora volvidos os tais 4 anos, eu gostaria de conseguir dormir na época da queima, uma vez que as noites não podem ser muito longas, fruto das manhãs tão precoces que tenho de enfrentar...
Ironia das ironias, acordo para o meu cafézito da manhã e dou sempre de caras com 5 ou 6 crentes que dormem "confortavelmente" num relvado onde há mais copos de plástico do que relva. E não se deixam demover pelas rajadas de vento nem pelo barulho dos carros que vão passando... nada!!!
E tenho saudades de ser "quase" assim... Em countdown para sexta!!!!
magnetizado por Bibs às 10:48





(ver my blueberry nights, obviamente)
magnetizado por Bibs às 10:43

05
Mai 08
I´m a cosmic girl... from another galaxy!
(com sorte encontro o rocket man, Mr. David)
"Right across on where I'm standing
On a dance floor she was landing
It was clear that she was from another time
Like some Baby Barbarella with the stars as her umbrella
She asked me if i'd like to magnetise"


magnetizado por Bibs às 08:08


in Pública
magnetizado por Bibs às 08:02

04
Mai 08
5 anos consecutivos... durante 5 anitos o dia da Mãe foi tipo tormento... Saía da queima às tantas, aterrava na cama ou (e esta é a parte tormento da história) ia directa ao banho para pouco tempo depois, dar de caras com a mãe, que queria mil ternuras e o belo do presente...
Seguia-se o pesaroso almoço (quando tenho sono a última coisa que me apetece é comer) e depois disso, a corrida triunfal pelos corredores da Fmup, para a imposição que se prolongava ad eternum... e o calor, os pés a gritarem de desepero nos sapatos desconfortáveis e feios (e o sono), os sururus todos (e o sono), e mais calor (e o sono), garrafas de água sangradas até à última gota, mais o beijo, o riso, o burburinho (e o sono!)... para acabar na queima à noite
Pois bem, este ano foi radicalmente diferente ("Mudam-se os tempos/ Mudam-se as vontades" - ou só mudaráo os tempos e as vontades continuam a ser precisamente as mesmas?); este ano houve direito a um almoço à séria, não houve imposição, nem houve directa, porque a queima só começará hoje para mim...
Como recompensa do meu assumido esforço (virei costas ao jantar da faculdade e à estreia da queima, pa me fazer à estrada de encontro à famelga), eis que a MELHOR MÃE DO MUNDO (que finalmente se decidiu a aprender a tocar num computador) me escreve isto:
"Hoje vou dar uma alegria à minha filhota!Vou-lhe mostrar os meus pequeninos «PROGRESSOS» !É evidente que ainda tenho muitas dificuldades ,as quais com muito EMPENHO e DEDICAÇÃO conseguirei colmatar! Atenção, eu disse : «MUITO EMPENHO E DEDICAÇÃO»
SOCORRRO! Perdi o resto do meu texto...digo «MISSIVA» para a minha filha. Oh! Que chatice! Ela vai ficar terrivelmente decepcionada comigo!
Beijões filhota, tem paciência com a tua «COTA»
AMO-TE INCONDICIONALMENTE!
Tua mãe"
magnetizado por Bibs às 21:23

Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds
me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO