Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

20
Out 07
O kitty não vem dar os bons dias, talvez porque ainda seja de noite!!! Frio?? Naaaaaaaah
Uma boa noite de soninho corresponde em pleno às minhas ambições momentâneas...
Mais uma corridinha contra o tempo; este sim, é post telegráfico.
Só há mesmo tempo de...
Ask for answers (placebo)
magnetizado por Bibs às 07:43

18
Out 07
Vai virar rotina post madrugador às sextas. Hoje com mais tempo, ainda que bem contadinho. Um dos agentes 007 está prestes a infiltrar-se. Live from balcony, com o Kitty já por cá (anda a abusar tremendamente. Não percebo, sempre gostei destes abusos de confiança...) Há balões vermelhos espalhados pela praceta(?)
Post dedicado ao saudosismo (sim, sou portuguesa. Mas acima de tudo, sou mesmo assim). Final da noite de ontem, abre-se uma das caixinhas das surpresas, onde guardo recordações de tudo e mais alguma coisa. Ia só à procura de um porta-chaves, que o meu foi-se. Acabei por ficar a arrumar aquilo durante eternidades... Tenho:
- Bilhetes de cinema, teatro, futebol, concertos, queima, latada, festas;
- Cartões com nºs de telefone;
- Bilhetinhos em post-it;
- Cartas e postais;
- Balões (!), papéis de rebuçados (!), pulseiras;
- Chaves (cartões) de quartos de hotel;
- Uma moeda de 1 cêntimo;
- Rosas secas;
- A ponta de uma narguilla (!);
- A etiqueta de um urso de peluche (!);
- 1 caderninho de notas com frases marcantes ditas em conversas de alucinar;
- Factura de 1 jantar (que felizmente não paguei!)
- 1 texto meu que virou música, escrito há mais de 8 anos…
Vou parar por aqui… Havia mais, mas chega.Tanto tempo volvido; um simples bilhete (ou outro dos supracitados) leva-me ao sítio, dia, hora, de um acontecimento que me há-de marcar para sempre. A melhor parte é saber que a minha vida já dava um filme... mas fica mais barato ter um blogue!
E não encontrei o porta-chaves!
Um à parte... Porque é que os power points do Al Gore dão direito a Nobel, e o meu não? Também sei pôr corzinhas e imagens de degelos e ursos polares (é só pedirem)

Inicia-se hoje a mini rubrica das grandes frases, nem sempre de grandes pensadores, mas cheias de grandes intenções, para que se possa dar ao post um desfecho condicente com o conteúdo (modéstia...)

3 por dia nem sabes o bem que te fazia:

"É precisamente por não te pareceres com ninguém, que gostaria de te encontrar sempre... em toda a parte..." Hugo Pratt, A Balada do Mar Salgado.

"Talvez um dia os gatos falem; e aí, sentir-nos-emos menos sós" Autoria conjunta (?) Ilse Losa e miudinha de 6º ano

"Há dois tipos de pessoas realmente fascinantes: os que sabem tudo e os que tudo ignoram." Oscar Wilde



magnetizado por Bibs às 20:50

Tens imensas "chaves" para uma só "fechadura". Experimentas todas, uma por uma. Já em total desespero, começas a sentir tudo a desmoronar. Quase sucumbes, mas não desistes. Agarras-te ao que resta. Continuas a tentar. E só a última abre a porta. E quando vês qual é, reparas que tinha sido essa a primeira em que pegaste. A minha intuição para estas coisas é formidável. Acerto na "chave" à primeira. Mas é a última que experimento. A dificuldade reside apenas (???) em perceber a facilidade...
Às vezes é tão fácil que desistimos da ideia… Bens de/para consumo imediato? Não caio nessa. Tudo quanto é bem, funciona como bólus contínuo em perfusão lenta.
Parece que quanto mais improvável ou impossível, mais persistimos. Até que perdemos de vez. Ou então fazemos um consumo imediato, para entrarmos na via rápida que dá acesso ao tal bólus contínuo. Às vezes o bólus magoa, deixa marcas. Tudo quanto marca é bem.
É para nosso bem... numa perspectiva qualquer. Bem sei do que preciso.
P.S: bólus e contínuo são termos que se opõem. Mas completam-se na perfeição. Se a perfusão for contínua, vai haver momentos em que vais querer trocar por bólus. Mas quando vês que precisas mesmo dela, o melhor bólus que podes pedir é uma lufada de ar.
magnetizado por Bibs às 04:40
tags:

17
Out 07
Devo um post ao Dia Mundial da Alimentação!


  • Não poderia deixar de prestar a minha homenagem ao Dr. Emílio Fernando Alves Peres (1932-2004) - personalidade de marcantes características humanas, pedagógicas e científicas, que simboliza no nosso país a criação do ensino universitário de Nutrição e o nascimento de uma verdadeira escola de pensamento nesta área. A sua sapiência continua a guiar-nos.

  • Muito se fala das doenças típicas das sociedades de abundância, como é o caso da obesidade, hipertensão arterial, dislipidemias,... Mas hoje elas estão disseminadas, mesmo nos países com índices de pobreza in extremis, graças à economia de escala que põe fast food em tudo quanto é beco, a preços imbatíveis. Nos últimos anos, e pela primeiríssima vez, concluiu-se que morre mais gente por "comer demais" do que à fome!!!

  • Em Portugal, 25% das crianças entre os 3 e 5 anos de idade têm excesso de peso. Se evoluirmos um pouco na faixa etária (7 a 11 anos), este valor aumenta para 30%.

  • Calcula-se que cerca de 3,5% das nossas despesas totais de saúde sejam devidas a co-morbilidades resultantes da obesidade!

  • É importante destacar o papel um tanto ou quanto laxista do estado... Nutricionistas em autarquias? Apenas 14 em 308 municípios...

  • Actividade física? Não, obrigada! Aliás, só quando obrigados!!!

  • Mudando um pouco o tema, mas mantendo o tom alarmista: a história dos biocombustíveis vai ter um impacto profundo na alimentação... Subida (com muito declive!) do preço dos cereais... Cite-se o exemplo de Itália, em que o preço do trigo já quadriplicou (se tivermos em conta que as massas são a base da alimentação deste povo, é que nem é de ficar preocupado) Fenómeno em tudo semelhante ao da cana-de-açúcar no Brasil, mas bem mais grave! O pão é feito de que???

  • A luta pela igualdade começa, inevitavelmente, pela alimentação. Daí que me revolte pensar que 854 milhões de pessoas ainda dormem de barriga vazia... Amartya Sen, Nobel da Economia em 98, afirmou que a fome não se explica pela escassez de alimentos, mas sim pelo facto de não haver igualdade no acesso aos mesmos. Se não há igualdade nisto, há em que?




16
Out 07
Atrevo-me a contrariar Adolfo Correia da Rocha (Miguel Torga (sim, passo atestados de ignorância!)): nesta viagem, mais importante do que partir, foi mesmo chegar.


Não faço resumo; quando muito, faria resumo alargado. Sou péssima a fazer resumos; justifico-me com o facto de gostar demais das palavras... (again: blá blá blá whiskas saquetas!!!)


Tataluga: os acasos nem sempre são por acaso... Bigadu ;)"E o resto é silêncio"


Por falar em saquetas: o gato das botas não me larga. Já ganhou 2 taças de leite e fez uns rons-rons a modos que... adoráveis. Mas, porém, contudo: Eu não gosto de gatos! (e ponto final)



Pensando bem (ou não):


Houve um fenómeno musical tremendo com as girls e boysband, música comercial, carinhas larocas em corpos perfeitos, playbacks, coreografias de colégio = fórmula de sucesso. Surge agora novo conceito: girlsbands de miúdas XXL... Caso das Qian Jin Zu He, que somadas perfazem 450 Kg (atenção: são só 4 elementos). Elas querem lutar contra a discriminação que as vitimiza. Ao que parece, o sucesso não está a ser estrondoso. A música é má, à semelhança das coreografias... Sendo assim, levanto a(s) questão(ões): será bom exporem-se desta forma? Sentir-se-ão bem por ser alvo de chacota pública? Sentem-se bem com tanta chicotada psicológica? Se não cantam bem, não dançam, não têm os atributos desejáveis, que andam a fazer? Querem ganhar dinheiro para pôr a banda gástrica ou fazer umas lipo?.. (Não tou a ser má. Estou a ser a voz da sociedade capitalista, que se tenta projectar numa imagem saudável, mas que na verdade, está cada vez mais balofa!)


Posso dizer que gosto de Gossip, em que a vocalista Beth Ditto também é uma SuperSizeMe (viram o filme?). E também trava uma luta contra a discriminação dos obesos. É uma provocante, veste-se mal, pinta o cabelo de cores hediondas, diz muita porcaria. Mas se ela tem uma voz poderosa... o som não tem caras nem corpos. Tem muito mais do que isso...

4women only: é mesmo este o nome de um software que tenho no pc. Anda a roçar o genial! Trata-se de um calendário só para as meninas que calcula tudo: desde o período fértil, probabilidade de conceber um rapazola ou uma miúda, dias de ovulação, de baixa fertilidade,... (Ahhh, essa agoraaa!)


4men only:hoje não há nada pa ninguém!

magnetizado por Bibs às 00:43

15
Out 07
"Bought a ticket for a runaway train
Like a madman laughin' at the rain
A little out of touch, a little insane
It's just easier than dealin' with the pain
Runaway train never comin' back
Runaway train tearin' up the track
Runaway train burnin' in my viens
Runaway but it always seems the same
Runaway train never coming back
Wrong way on a one way track
Seems like I should be gettin' somewhere
Somehow I'm neither here nor there"

Ele disse-lhe que a esperaria no oriente, na conxixina... Onde quer que ela fosse, ele segui-la-ia. Levá-la-ia a toda a parte, encontra-la-ia na multidão. Deixaria tudo para trás, mesmo aquilo que sabia não poder deixar. Acompanha-la-ia, mais uma vez, nas ambições, nos pânicos, nos deleites. Pedir-lhe-ia que ficasse, mesmo sabendo de antemão a resposta. E prometeu-lhe que não haveria despedida.
E quando é assim, a gratidão basta?
Até já...
magnetizado por Bibs às 09:05

14
Out 07




Onde está o Wally?


Sou daquelas que critica os que se enfiam no shopping aos domingos. Vai daí, hoje foi a minha vez.

Justificação: Little drummer boy (David Fonseca) andou por lá.

Aquilo estava a abarrotar, mas dei de caras com o menino bonito, sempre com o seu ar sério e melancólico, que depois explode num pop quase sempre cheio de ritmo. Mais uma vez, o álbum "Dreams in colors" é, à semelhança de todos os seus trabalhos, totalmente bipolar. Os 40 minutinhos souberam a pouco. Mas aquela voz faz sempre maravilhas, mesmo com tanto ruído de fundo, mesmo com som de fraca qualidade. Conquistou. Momento alto: "David, faz-me um filho!!!"

Houve ainda a brincadeirinha de David: desta vez escolheu Elvis (quantas miúdas "can't help falling in love with you?"). Eu cá diria: I shall stay, it doesn't matter if it is a sin...


E quando me perguntam:

- Tens um gato?
- Hum??! Nãoooo!!!
- Tá ali um gato na tua varanda!

(O bicho até tem a sua piada. É preto e branco, meiguinho, tem olhinhos que fazem lembrar o gato das botas, estica-se nas cadeiras da varanda e até queria ter direito a uma visita guiada à casa. Só há um problema: eu não gosto de gatos!!! Gosto de cachorros, mas recuso-me a privá-los da liberdade em prol de um capricho. Quando "adoptar" alguém pa partilhar o tecto, que seja uma pessoa!)


Hello Kitty, kitty, kitty




magnetizado por Bibs às 21:17

13
Out 07
DIAS ASSIM:
Viagens de metro até aos confins, musiquinha boa, leituras em dia. </span>
Caminhadas matinais alegres, agentes 007 infiltrados num qualquer antro puro.
Começou. Os começos nunca são totalmente maus, já se sabe.
Mais caminhadas, confissões praxísticas, entrar aqui e acolá, leoas à solta, risos, confidências.
Comida indigesta, mais caminhadas, telefonemas e sms, mais compromissos, mais sorrisos, uma água aqui e acolá, registo de inconformidades na cozinha, apreciações globais de tudo e de nada, lojas de roupa.
No palácio, à procura de Da Vinci... "Até as árvores se esqueceram que estamos no Outono". Segurança que responde:
- Acho que essa exposição é no palácio. (Sim??? Nós estamos aonde??? Valha-nos qualquer paciência que possamos inventar).
E mais caminhadas, ***** hotel. Sem saber, o segurança tinha a sua razão: uma amostra da exposição estava mesmo no palácio, no hotel porto palácio. Aguçou a vontade de ir hoje ver o resto, no pavilhão Rosa Mota.
Ofertas de congresso para melhorar o pacote de "coisas inúteis que guardo para 1 dia deitar fora", o discurso eloquente do homem dos chás (um dos muitos momentos altos do dia):
- Vai querer de citrinos ou ananás?
- Pode ser citrinos.
- Isto vai fazer maravilhas pela sua vida!!! Torná-la ainda mais bonita, linda sem igual, a perfeição. E aí, vão ser só homens de Ferrari à sua porta, muitas flores, muito sucesso!! Vai ser rica!!
Meu caro senhor, faltou-lhe o principal para me convencer: independentemente do homem do Ferrari (não adoro Ferraris, prefiro outros...), dos milhões de rosas e de euros, não me disse que depois de beber o chá ia ter de volta aquilo que mais quero.
E não é que o raio do chá é mesmo bom?
Mais conversas, mais caminhadas, metro apinhado, deleite total com o Inimigo Público, Klaxons e Gossip, miúdo girinho a perguntar o que oiço. Só tive pena de perder os Clã...

A NOITE...
Levaste-me a jantar a um sítio tão igual a nós. Comida de conforto para um estômago ressentido. Ao fim de tantos anos, esta ternura continua tão viva.
Falamos pela noite adentro, tu lês-me cada palavra, já sabes o que penso. Também te conheço de cor. Brindes com motivo, a noite foi nossa. No plano A, no plano B, "nunca ninguém fez bem a conta do 3x3 à primeira vez". Sei que dos 10, tu pertences aos 2 que seriam incapazes de pular a cerca.
O Porto também é o nosso abrigo. O Zé Pedro é o nosso pano de fundo, depois são outros... Quis tanto saber disso como "Judas a cagar no deserto".
E de entre as 10, em que cinco são azeite, 2 boas mas horrorosas, outras 2 o que se procura em último recurso (bem educada), eu sei que posso ser "aquela". Aquela tua irmã para sempre.


"Tudo o que eu vi,
estou a partilhar contigo
o que não vivi,um dia hei-de inventar contigo
sei que não sei às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem..."

ERRATA: AMAR É A MELHOR COISA DO MUNDO

magnetizado por Bibs às 11:44

11
Out 07
A partir desta palavra (qual?) tenho cerca de 5 minutos para o resto do post.

Vai ser telegráfico (vá, nem tanto. Eu Ponto Tenho Ponto Sono Ponto)

Teclo da varanda, brisas para o despertar da mente. Por acaso alguém me saberá dizer qual é a primeira coisa que fazemos quando acordamos??


Hoje começa-se nova etapa. É aquela lufada de ar fresco, numa rotina que já pedia uns extras.

Expectativas? Zero. Um pouco ao jeito de Eça, entrei numa onda de realismo (à semelhança do mesmo, sou uma romântica inveterada que nos seus rasgos de lucidez, se decide a pôr o calcanhar na terra). Hoje por hoje, que o dia vai ser longo (o convite pra jantar, hein?)


Viu-se:

Shortbus (Cameron Mitchell): o início do filme captou-me. O sr. não tem medo do sexo; conseguiu abordá-lo de uma forma tão banal (ainda que "pitoresca") que, ao cabo de 15 minutos já não se vê ali ponta de leviandade. Um pouco Kitsch, é certo. Mas isso só acontece porque ele quis agradar a gregos e a troianos: homos, bis, heteros, sado, pré-orgásmicos, and so on! De destacar que todos os actores são estreantes, foram recrutados por anúncio na net e contribuíram para a escrita do guião, de forma a humanizarem o mais possível as personagens que encarnam. Resultado: uma hora e meia (mais coisa, menos coisa) de sugestões afrodisíacas com algum humor, amor e até depressão. Descontruir sentimentos é como andar em areias movediças... O desfecho é condicente com o resto: previsível.


Bem, vou partilhar um vício. (dá vontade de repetir a dose várias vezes)


E para o post não ser o cúmulo do tédio, ainda dá tempo de fazer um apelo aos melómanos de Portugal:

Uni-vos! Na Suécia já pagam subsídios de 400 euros a "doentes" viciados em heavy metal.

(Tenho a clara percepção que não fui bem sucedida...)

Pronto, vou dar um ar mais culto:

De acordo com o jornal: défice 3 décimas abaixo do previsto (FMI aponta crescimento económico para 2008 semelhante ao de 2007, mas isso não interessa nada). Outra coisa que também não importa é os reformados com menos de 6100 euros anuais passarem a pagar mais... e blá blá blá Whiskas saquetas... blá blá blá Whiskas saquetas

magnetizado por Bibs às 23:13

Considero-me, por norma, muito acomodada. Até que me sobe a mostarda... e aí... tarde demais.

Primeiro: tou farta de aturar os gajos da Tv por cabo ABC. Uma pessoa manda um mísero mail, a pedir mais informações sobre os pacotes e respectivos preços (e já agora, se os mesmos já incluem IVA), período de subscrição, e etecetras; Nota: para mandar o dito mail é preciso pôr morada e contacto! (como sou honesta, dei o nº certo...). Tenho sido bombardeada pelos ditos cujos, dia sim, dia sim. Give me a break!!! Já não estou interessada...

2) 2kms a pé = 8 lojas de chineses. Como é que é possível? Eu só precisava de uma livraria!!!

3) devia ser proibido admitir pessoas antipáticas e mal dispostas para empregos de balcão. Só consegui arrancar um sorriso ao indivíduo depois de muito esforço.

4) porque é que temos de ter cartões de fidelização em tudo quanto é loja? É o da loja de bijuteria, o da loja de roupa interior, loja de desporto, os dos super/hipers, os das lojas de roupa, o da gasolina, loja de brinquedos, loja de livros, loja de cds e dvds, o da perfumaria, do cabeleireiro, da esteticista, (devo estar a esquecer-me de alguns!). Hoje passei a ter o da farmácia... A minha carteira parece um chouriço. Melhor, na maior parte das vezes, esqueço-me de os usar!

5) sempre que peço uma opinião, não espero ouvir um: "Tu é que sabes!!". Se eu pergunto, não será por acaso... Um "Tu é que sabes" pode ter 2 significados: indiferença ou "detesto, mas não te posso dizer"... Faz lembrar a minha mãe:
- Gostas de me ver com esta roupa? Devo fazer o outro piercing?
- Tu é que sabes... (= essa roupa é 1 horror! Piercing? Perdeste a cabeça?)
- Mãaa, diz lá sinceramente, achas que devo sair com ele?
- Tu é que sabes... (sem tradução possível)

6) Se eu compro leite magro, porque é que tenho de trazer a nata pra casa? Será que não entendem que isso me dá vómitos? Ai DECO, DECO.

7) Sempre que se tira uma tampa de saneamento é suposto assinalar o local. Não fosse aqui a boa samaritana valer a tempo, e uma srª de meia idade teria ficado literal/ na $%#/?



Chega!



Rir: a amiga Z tem mais desventuras que eu! Habitáculo: despensa com janela (que luxo!) Não foste pra Bora Bora, mas a Bora ia-te levando... E já agora, combinações pouco ortodoxas: pimentos recheados e gelado (have you lost your mind?)
"Affitasi Camera Singola" (arranjas-me 1a king?)



Pra já, pra já

(mas em silêncio, para não incomodar ninguém...)
magnetizado por Bibs às 15:07

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

19

24
26

30


subscrever feeds
me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO