Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

16
Out 07
Atrevo-me a contrariar Adolfo Correia da Rocha (Miguel Torga (sim, passo atestados de ignorância!)): nesta viagem, mais importante do que partir, foi mesmo chegar.


Não faço resumo; quando muito, faria resumo alargado. Sou péssima a fazer resumos; justifico-me com o facto de gostar demais das palavras... (again: blá blá blá whiskas saquetas!!!)


Tataluga: os acasos nem sempre são por acaso... Bigadu ;)"E o resto é silêncio"


Por falar em saquetas: o gato das botas não me larga. Já ganhou 2 taças de leite e fez uns rons-rons a modos que... adoráveis. Mas, porém, contudo: Eu não gosto de gatos! (e ponto final)



Pensando bem (ou não):


Houve um fenómeno musical tremendo com as girls e boysband, música comercial, carinhas larocas em corpos perfeitos, playbacks, coreografias de colégio = fórmula de sucesso. Surge agora novo conceito: girlsbands de miúdas XXL... Caso das Qian Jin Zu He, que somadas perfazem 450 Kg (atenção: são só 4 elementos). Elas querem lutar contra a discriminação que as vitimiza. Ao que parece, o sucesso não está a ser estrondoso. A música é má, à semelhança das coreografias... Sendo assim, levanto a(s) questão(ões): será bom exporem-se desta forma? Sentir-se-ão bem por ser alvo de chacota pública? Sentem-se bem com tanta chicotada psicológica? Se não cantam bem, não dançam, não têm os atributos desejáveis, que andam a fazer? Querem ganhar dinheiro para pôr a banda gástrica ou fazer umas lipo?.. (Não tou a ser má. Estou a ser a voz da sociedade capitalista, que se tenta projectar numa imagem saudável, mas que na verdade, está cada vez mais balofa!)


Posso dizer que gosto de Gossip, em que a vocalista Beth Ditto também é uma SuperSizeMe (viram o filme?). E também trava uma luta contra a discriminação dos obesos. É uma provocante, veste-se mal, pinta o cabelo de cores hediondas, diz muita porcaria. Mas se ela tem uma voz poderosa... o som não tem caras nem corpos. Tem muito mais do que isso...

4women only: é mesmo este o nome de um software que tenho no pc. Anda a roçar o genial! Trata-se de um calendário só para as meninas que calcula tudo: desde o período fértil, probabilidade de conceber um rapazola ou uma miúda, dias de ovulação, de baixa fertilidade,... (Ahhh, essa agoraaa!)


4men only:hoje não há nada pa ninguém!

magnetizado por Bibs às 00:43

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

19

24
26

30


subscrever feeds
me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO