Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

22
Jan 08
É importante que se diga: eu não leio, por norma, o Sol (esta foi a segunda vez, e revestiu-se de interesses múltiplos... tenho a voz embargada pela emoção, olhos rasos de lágrimas, coisas de quem bate mal etc i tal)

Eis que surge a bruta da entrevista Imprevista (diga-se de passagem, notou-se) a Vitalino Canas, 48 anos, politico:
(...)
Portanto, nunca foi um hip-hopper nem dançou breakdance...
Não.

Não leva a Lei para a casa de banho?
Não. Julgo que é pouco compativel.

E entre Saramago e Lobo Antunes qual prefere?
Definitivamente Saramago, mas mesmo Saramago... Não gosto de ler coisas que me perturbem a cabeça. Saramago é um dos casos em que isso me aconteceria, por isso evito.

A primeira vez que experimentou sabia que estava a comer cão?
Eventualmente sim.

E não hesitou, mesmo tendo tido cães desde sempre?
Não. Como disse sou muito aberto a novas experiências.

Outras frases marcantes no decurso da entrevista (sim, AINDA há mais!!!):
"Chego a domingo com unhas de cavador";
"Há personagens que me atraem, como George Smiley. De certa forma é parecido comigo: um tipo meio cinzento."
"Já bebi veneno de cobra. Sabe a aguardente de arroz esquisita" (é sempre bom saber!!!)
Posto isto, despeço-me arrasada pela catadupa de emoções despoletada no meu frágil ser... até à volta do correio!
magnetizado por Bibs às 09:26

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

18
19

25
26



me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO