Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

06
Abr 08
Confesso que dei por mim pregada ao ecrã do televisor, porque nunca fui agorafóbica (adorei aquele cenário todo,e se fosse daltónica e visse ali vermelho era feliz).
E a melhor parte veio mesmo quando vi aqui na zona uma miudinha, chavalita aí de 3 anos, toda equipada a rigor, a correr feita desalmada, aos saltitos, com uma flor azul e branca na mão.
Tenho pena de não poder partilhar a imagem convosco, porque esta era mesmo digna de registo.
Não sei lá que tipo de pessimista sou, que sempre consegue ver mais valias no caos...
(assim muito discretamente, tou feliz por tu tares feliz Boi)
magnetizado por Bibs às 12:21

Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
17
18
19

23
24
25
26

27
28
29
30


me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO