Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

10
Mar 08

o mundo pára só para mim... pára no preciso momento em que eu lhe peço para parar. E fico ali, parada e estanque, a rever o que jamais posso apagar. Partilho-a, mas é minha, muito minha mesmo... Cheira a terra molhada, a noites quentes, a brisas de arrepio. Cheira a café acabado de moer, cheira a prazer. Sabe a pecado puro e etéreo, sabe a inocência e a vontade. E dá vontade de continuar ali, parada e estanque, enquanto te vejo e revejo de cor, em cada silêncio e em cada passo, em cada desmesurado prazer de contemplação. Inabalável e inigualável, traz-me tudo o que preciso para querer cada vez mais.

"TUDO O QUE QUISER TEM QUE ENTENDER. NAS PALMAS DA MÃO, SE TIVER PORQUÊ. FRÁGIL NESSA TERRA, FÁCIL DERRUBOU... QUANDO JOGOU FORA, TUDO ACABOU"

magnetizado por Bibs às 22:23

No comments:
See Here (http://tinyurl.com/yu7csp)
Dumuro a 11 de Março de 2008 às 05:33

Boa escolha! Ideal é fazer-se acompanhar por uma bola de framboesa, outra de nata uns salpicos de caramelo e noz moída LOL
Ou então,por uma bola de framboesa e outra de quê????? Os teus gostos nos gelados não são como na música, DOUTORA NUTRICIONISTA ESQUISITA!
Beijobijubojão
Rita a 12 de Março de 2008 às 14:42

Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13
14
15

16
18
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30
31


me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO