Porque a vida não é um lugar comum. "Transmutar su carne en alma; luego su alma en sueño"

21
Fev 10

 

Hoje estou bipolarizada.

Acordei feliz, fui ficando vagarosamente deprimida. Detesto domingos, mesmo os bons domingos. São sempre dias estranhos - mesmo os felizes, são tristes.

Parece que me arrasto, entre mil preguiças, entre a vontade de querer fazer tudo e nada.

Faço tudo, e sinto que não fiz nada.

Amanhã vou acordar sem vontade, porque estou de ressaca do domingo. Porque o domingo embriaga-me de forma intensa e custa-me sempre a arrancar da pseudo-ressaca.

Neste momento, enquanto assisto inerte às mil catástrofes nacionais, questiono-me como é que um dia tão banal pode ter um efeito tão pesaroso. E logo percebo. O domingo é introspectivo - é o dia de balanço (algo que eu não suporto). Neste domingo faço uma petição para por fim aos meus domingos introspectivos.

Amanhã regresso ao trabalho depois de uma paragem que precisei mais do que nunca. As semanas pesam e cansam. E eu ando algures entre o grito de Ipiranga e a mudez permanente. Tenho saudades de mim... tenho saudades de ser quem sou. ntes que tropece em mais um buraquinho introspectivo praguejo por não te ter por cá. Eu bem sei que me fazes sempre muita falta. Mas agora, mais do que nunca, sinto a tua ausência de forma doentia.

Amanhá é domingo outra vez. Porque domingo é o primeiro dia da semana... Há verdades muito inconvenientes.

 

magnetizado por Bibs às 20:45
sinto-me:
Banda Sonora: wonderwall - oasis

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
26
27

28


Visitantes úteis
Hit Counter
Free Web Counter
Dia fútil do mês
Related Posts with Thumbnails
me, myself&I
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO